A Fuga da prisão mais divertida de sempre!

Publicado a : 01-12-2014 | Por : ParaRir |

0

Jogo Fuga da PrisãoO pararir.com partilha hoje contigo um jogo muito divertido chamado Fuga da Prisão! A história começa quando o nosso personagem, que se encontra na prisão por motivos (ainda!) desconhecidos, recebe um pacote misterioso, que lhe vai mudar a vida! Mas como é que muda? Isso cabe-te a ti decidir!

Fuga da prisão é um jogo ao estilo do “Escolhe a tua Aventura”. Usas apenas o rato e podes escolher várias opções, cada uma com desfecho diferente. Se escolheres as correctas isso conduzir-te-à à liberdade. Se escolheres as incorrectas algo de mau acontece… mas só para o boneco porque tu de certeza que te vais fartar de rir!

Existem 3 finais diferentes por isso vale a pena jogar outra vez até os veres todos. Até quando falhas é divertido porque todos falhanços têm humor à mistura e alguns são espectaculares! (no mau sentido, eheheh)

Carrega aqui para tentares fugir da prisão!

Acidente no Avião – História Verídica

Publicado a : 22-11-2014 | Por : ParaRir |

3

Garrafoes AzeiteUma família Portuguesa resolveu ir visitar outros familiares que tinham emigrado há muito tempo para o Brasil – e aproveitaram para ir na altura do Carnaval, pois então! Querendo fazer uma oferta típica de Portugal resolveram levar uns garrafões de Azeite – mais especificamente azeite alentejano do bom, guardado em seis garrafões de 5 litros – normalmente usados para o vinho.

Apesar de ser uma ideia, digamos… original, até aqui tudo bem. As complicações surgiram quando essa família (2 casais – 2 irmãs e os respectivos esposos) chegam ao Aeroporto de Lisboa. É-lhes recusada a possibilidade de colocarem os garrafões no porão do avião – pois podiam, por acidente derramar-se. No entanto é-lhes dada a opção de os transportarem junto consigo na cabine do avião, na qualidade de bagagem de mão.

Algo embaraçados, mas satisfeitos com o facto de não terem de deixar os preciosos garrafões de azeite, aqui vão estas quatro pessoas para o checkup do aeroporto com os 6 garrafões atrelados. A viagem até Madrid (stop-by) correu sem problemas. Tudo bem, estar com uns quantos garrafões entre as pernas na cabina do avião é chato, mas nada que não se aguente.

Em Madrid estava muito frio (próximo dos zero graus) e ainda tiveram que esperar um pouco até poderem apanhar o avião que lhes levaria ao Brasil. Enfim, depois da espera necessária lá se instalaram nos seus novos lugares. Com os seus fiéis garrafões entre as pernas claro.

O avião levanta voo e um dos casais já estava a querer dormir quando de repente é surpreendido por uma das irmãs, visivelmente ansiosa:

- Por amor de Deus, tirem as rolhas dos garrafões já!

- Então, mas porquê?

- Já rebentou um dos nossos garrafões e os vossos também não devem tardar. Estavam demasiado cheios!

Então, que se havia passado? O patriarca da família foi quem encheu os ditos garrafões. Naturalmente encheu-os quase até ao gargalo e depois colocou uma bela rolha e esmerou-se a apertá-la de modo a que fosse impossível abrir-se por acidente.

Só que… depois de uma quebra de temperatura em Madrid o azeite coalhou. Com a entrada num ambiente aquecido e com a alteração na pressão devido ao descolar um dos garrafões não resistiu – o fundo literalmente descolou!

Resultado: Azeite por todo o chão do avião, que ainda por cima nem sujou esta família azarada, mas sim os passageiros que iam atrás, porque o azeite verteu todo para trás uma vez que o avião estava inclinado durante o descolar. Para piorar, estes estavam descalços, para descansar os pés doridos… Hmm, que belo, pezinhos inundados em azeite!

O resto podem adivinhar. Um cheiro brutal a azeite por todo o avião, os passageiros de trás muito aborrecidos e todos os outros a rir-se à brava com tudo e a mandar piadas do estilo, “vê-se mesmo que são Tugas, só falta o pão e o bacalhau”!

Esta história foi-me contada por uma colega. Ela era uma das irmãs e diz que foi uma das experiências mais embaraçosas da sua vida. O vexame foi tal que esperaram no final do voo que todos os passageiros saíssem antes de abandonarem o avião. A cereja no topo do bolo foi terem uma mega equipa de limpeza à espera que saíssem para irem remover os 5 litros de azeite que por acidente estavam espalhados por meio avião… ^_^’

Borracheira animal

Publicado a : 15-11-2014 | Por : ParaRir |

0

Momento de aprendizagem ParaRir: Na África existe um fruto chamado Marula, que quando maduro e fermentado chega a atingir os 18º alcoólicos. E deve ser delicioso, porque tem muita procura entre os animais da selva, como o vídeo seguinte demonstra.

YouTube Preview Image

ps. – liguem as legendas, carregando no ‘cc’ no canto inferior direito do vídeo para apreciarem as legendas exclusivas em Português (caso não percebam françês)

ps nº2 – depois não digam que não aprendem nada neste Site!!! ;)

Encostar é a mesma coisa que meter!

Publicado a : 26-10-2014 | Por : ParaRir |

0

Humor ConfessionárioUm homem casado vai confessar-se:
- Eu quase pequei…

E o padre:
- Que quer dizer com ‘quase’ ?

- Encostei meu pirilau na empregada… Mas, na hora eu não meti, eu parei. Por isso, foi ‘quase’!

- Encostar é a mesma coisa que meter… Você pecou, meu filho! Reze vinte ave-marias e colabore com cem euros para as obras da igreja, que será perdoado !

O cara sai do confessionário, reza vinte ave-marias, tira uma nota de cem euros da carteira e vai até à caixa de esmolas. Encosta a nota na ranhura, mas recua e guarda o dinheiro.

O Padre, que estava espiando, grita:
- Eu vi isso, pecador! Você não meteu o dinheiro na caixa de esmolas!  

- Foi o senhor mesmo quem disse que encostar é a mesma coisa que meter! 

Related Posts with Thumbnails